quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

«QUEM O SABE? QUEM?»

Algumas pessoas amigas de Matilde Rosa Araújo também são minhas amigas. Aí do outro lado do ecrã estará alguma?
Tenho muitas saudades da Matilde!…
E hoje a culpa deste momento de saudade assim tão comovida foi caírem-me os olhos sobre SEGREDOS E BRINQUEDOS.
*
Mas de quem
era a voz fininha
que chamava:
- Vira! Vem!…
Quem o sabe? Quem?

*
O menino voa
Voa 
E não cai
O menino sonha
Sonha
E vai
O que é que eu vejo?
O que é que eu oiço?

Ninguém volte a andar distraído: a poesia de Matilde Rosa Araújo é uma das mais puras e livres e literariamente excelentes da nossa actualidade.
L. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário