sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

SEBASTIÃO DA GAMA: COMOVIDAMENTE ABRO O “DIÁRIO”, OBRAS COMPLETAS, VOL.I

Ontem mesmo, quando na nossa Culsete pusemos à venda a anunciada e tão esperada nova edição de Diário, volume I da coleção Obras Completas de Sebastião da Gama, um grande prazer foi termos como primeiro comprador o dedicadíssimo bibliófilo António Cunha Bento. Inevitável, a todos os títulos, o seu interesse na aquisição desta nova edição, apesar de ter em casa as anteriores. Apesar e, afinal, também por isso, além da sua proximidade com João Reis Ribeiro. A vasta biblioteca setubalense de Cunha Bento é já uma referência, para muitos de nós. Tão empenhada dedicação em recolher e preservar um  património tão importante, augura que ali está a desenvolver--se um riquíssimo tesouro para a cidade de Setúbal.

E nós também, cá em casa:
também já cá temos, para o juntarmos, na nossa estante, às outras edições, um exemplar de o novo Diário.
Mas, antes, reler. Por ler de novo e para ler o novo.
Abrindo já, nesta manhã de ainda-Inverno em 2011, o livro cujo lançamento está anunciado para já- Primavera.
Comovidamente!
Comovidamente por muitos motivos.
Porque João Reis Ribeiro, só por este primeiro cair dos olhos sobre as páginas, faz aqui um acto de minuciosa atenção à Vida, Obra e Memória Viva de Sebastião da Gama, que…
Porque, de repente, cai diante dos olhos uma referência que faz voltar imagens de uma manhã de ainda-Inverno em 1986, e…

É que, mesmo sem darmos por isso e sem pretendermos que…, as coisas acontecem e impõem-se ao sentir: são os 25 anos de uma vivida manhã de  Inverno que se multiplicou por uma primeira e mais todas as seguintes Primaveras e assim se anuncia também pela de este 2011.

Peço:
Não deixem de adquirir, se possível…
Leiam, por favor, o Diário, ou releiam… Mas leiam também a Introdução e Notas de João Reis Ribeiro. Leitura indispensável, muitos o sentirão.

Um obrigado ao João. Um obrigado à Editorial Presença. E uma pergunta, que é um pedido urgente, a dirigirmos a um e a outra, autor e editora:
PARA QUANDO A EDIÇÃO DA FOTOBIOGRAFIA DE SEBASTIÃO DA GAMA?
Sem que nos esqueçamos das Cartas.  Mas, neste ponto, é só para anotar, sem qualquer mal-querer, mas também sem circunlóquios, que a situação é intolerável e indigna das pessoas e entidades envolvidas.

Tomem nota, por favor:
Sebastião da Gama,
Obras Completas, volume I,
Coordenação de João Reis Ribeiro,
Editorial Presença,
Lisboa, Fevereiro de 2011.

Comovidamente!
L. V.

2 comentários:

  1. Tomei a devida nota e vou permitir-me partilhar a notícia no Facebook. Se bem não fizer, mal também não fará. Eu costumo visitar no facabook uma página intitulada "Quem ainda gosta de ler um bom livro". Há coisa de um mês, um dos assíduos anunciou que estava a começar a ler Sebastião da Gama. Outro disse que ele não se ia arrepender. Eu anunciei a saída próxima desta nova edição (tinha lido no seu blogue). Agora vou confirmar.
    Um abraço
    Maria Fernanda Pinto

    ResponderEliminar
  2. Querida D. Fernanda,
    de hoje não passa! Um grande abraço. E não só para si. Sua irmã também. E para o nosso querido José Ruy, nem se pergunta!
    Ora aqui está como tudo isto dos meios de comunicação dos novos tempos são de uma riqueza que é mesmo admirável!
    Como Sebastião da Gama adoraria tudo isto!
    Se ele lesse este «não se vai arrepender»! Eu li e senti-me como se...
    MM

    ResponderEliminar