quinta-feira, 31 de março de 2011

DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL – JÁ SÁBADO! - 2 DE ABRIL. E A CULSETE VAI…

Recordam-se?  Nasceu a 2 de Abril de 1805 o universal criador de contos Hans Christian Andersen.
Esse mesmo, o célebre escritor dinamarquês que visitou Portugal em 1866. Passou um mês em Setúbal e aqui plantou um abeto como símbolo de união entre povos.
Muitos sabem e alguns mais deviam saber que nos deixou um belo livro sobre tudo o que por cá viu e viveu.
Está por aí!
Está por aí Uma Viagem em Portugal em 1866, traduzido pelo setubalense Silva Duarte.
Não sei se não estará em desaparecimento a edição disponível, nem como vai ser de futuro… Mas, por enquanto, temos alguns exemplares…
DSCF1426
As fotografias que aqui hoje integram este «post»não são actuais. Nem a de  «A ÁRVORE DE ANDERSEN EM SETÚBAL», na Avenida  Luísa Todi,  junto ao coreto, nem as que nos vão mostrar, entre crianças felizes, ainda connosco e sorrindo, a nossa querida e saudosa Matilde Rosa Araújo, figura cimeira da Literatura Infantil Portuguesa.

Em 2006 o 2 de Abril caiu num domingo: Um Dia Internacional do Livro Infantil tão feliz, na Culsete!
São desse 2 de Abril, as fotografias que vêm a seguir.
E a anterior?
Essa?
Apela a que no sábado vão lá… Para ver a ofensa, a pobreza e a incúria que suporta um monumento, por não ser de pedra ou metal. Questões de nível cultural e de ainda agora é que estarem por volta dos vinte as crianças que vão indignar-se pelo que acontece com a árvore que ajudaram a plantar com as suas mãos.
Perdoem-me…
Todos podem calar-se. Talvez por respeito à inutilidade de insistências incómodas, por distracção de vida cheia,  por cobardia de quem cede a «eles» todas as responsabilidades. Eu não. Não tenho o direito de não dizer mais nada…
Ou tenho e não devo, por comodismo, aproveitar-me dele?

O 2 de Abril! A nossa homenagem a Andersen! O centenário de 2005! A persistência de Niels Fisher! A atenção que muitas coisas merecem e deviam merecer se… 
Quão boas recordações deixaram ao longo dos anos as comemorações do Dia Internacional do Livro Infantil na Culsete, a quantos nelas foram participando!
Matilde! O primeiro Dia de Andersen que vamos passar sem ti… Lembras-te das crianças contigo, por todo o país, neste dia?

A nossa homenagem:
Ler e reler O Livro da Tila.
Lê-lo agora!
Há anos esgotado e…
Que bom milagre e quanto o agradeço!
Pouco depois do Julho p.p. que nos levou a Matilde, O Livro da Tila a reaparecer em nova edição, para que ninguém se possa desculpar de não ler agora um dos grandes livros da poesia  portuguesa da sua/nossa época.
[…]
Não era preta mas triste,
Tão triste e tão perfumada…
Ai violeta!
[…]
E pela tarde o sol-pôr
Leva-lhe a cor de poente…
Ai violeta!

E pela noite morreu
A olhar um pirilampo…
ai Violeta!

Da pobre semente preta
Ninguém diga: ficou nada!
Tão triste,
Tão delicada,
Ai violeta!


DSCF1478
No próximo Sábado -clip_image004 2 DE ABRIL
DIA INTERNACIONAL

DO LIVRO INFANTIL – 2011
A livraria Culsete
vai mais uma vez comemorar este dia no seu espaço,
trazendo a Setúbal os escritores
 
Luísa Ducla Soares

e


Fernando Bento Gomes

e também o ilustrador e autor de banda desenhada


José Ruy


A partir das 15 horas
a porta da nossa livraria estará aberta.
Av. 22 de Dezembro, 23-A/B – SETÙBAL
TRAGA AS CRIANÇAS! * TRAGA AS CRIANÇAS!
CRIANÇAS E JOVENS! * CRIANÇAS E JOVENS!

DSCF1443
 Na   clip_image002[6]- 15h  - sábado

Haverá tempo para:
DSCF1451
conversar com os escritores e escutar textos de origem diversa.

E oportunidade para:
DSCF1486
desenhar o que tiver sido ouvido
ou simplesmente imaginado.

E AS SURPRESAS?
essas só serão reveladas no  momento! 

E o nosso CONVITE termina assim:
«APAREÇA!
CONVIVER COM OS LIVROS É SEMPRE UMA GRANDE FESTA».

Convite
que vai, aqui e hoje, só para quem ainda o não recebeu, na escola, no seu computador ou, em mão, na livraria.
L.V.

3 comentários:

  1. Eu não tenho um convite em mãos mas vou na mesma... Este post, estas fotos, deixaram-me a sorrir. Conheci Matilde Rosa Araújo uma vez, na biblioteca de Portalegre, e adorei. Adoro a sua escrita, principalmente a prosa.
    Saudades...

    ResponderEliminar
  2. Grandes recordações nos idos de 80...

    ResponderEliminar
  3. Isso é que é actividade! Essa livraria não precisa de tubos de oxigénio.
    Grande abraço do
    onésimo

    ResponderEliminar