sábado, 5 de março de 2011

«UM VASTO PANORAMA DE MAR E ILHAS»

Digo primeiramente o que estava a imaginar para início de conversa ou aquilo que li enquanto me demorava, uma preguiça justificada em vir tirar letras do teclado para o ecrã?
É que isto, também, de agora passar os dias sem pôr olhos em mais nada do que no II Encontro Livreiro de Setúbal…
 
Há mais em que pensar? Mais que fazer?
Sim, sim! Como é natural. 
Mas não é só isso, pois  que, até e por outro lado, me está a ser difícil retomar trabalho que se veja… 
É! É também…  
Também e sobretudo! 
Todos sabemos que estar sempre a bater na mesma tecla pode, inclusivamente, avariar quer a máquina da escrita quer a ventoinha das ideias, do interesse e da atenção. 
Portanto, e foi isso, apeteceu-me um bocado de leitura, antes de vir à escrita.
Além de que é de há muito: leio sempre com um grande prazer a escrita de Robert Louis Stevenson.
Porquê?
Oh!, com estes seus temas, como não?
Há neles um vasto panorama de mar e ilhas
Um novo Stevenson na colecção «Gato Maltês»? 
«Lá ver!»
E aí vou eu…
( Os Folgazões, Assírio & Alvim).
Mas parei aqui:
primeira página do terceiro capítulo.
Porque…

E já por esta podia ter parado:
embora não cedesse a pensamentos optimistas, sentia-me de ânimo leve (Não seria melhor dizer em português «sentia-me leve»?).  
Mas foi ao ler umas linhas, no logo a seguir:
O meu caminho quase que atravessava de norte a sul o cabeço. Atingido o cimo parei. Embora não muito alto sobrepunha-se a todas as terras baixas e tinha à sua disposição um vasto panorama de mar e ilhas.

Ora esta! 
Estranha, não é?
Creio que sim e se calhar não devia…
 
Toda a gente compreende que tendo como tive uma boa formação bíblica dela me vêm ricos referentes: Moisés que sobe ao Monte Nebo e de lá expande o olhar pela sua Terra Prometida, antes de, sem Nela entrar, fechar os olhos à vida.

Trazia eu na cabeça a cena do Moisés. Ao sentar-me aqui a ler o Stevenson, a figura com que a estranha ideia em que vinha passou a rever-se a mais intensamente definir-se... Ora esta! A estranha ideia!

Estranha pelo trazê-la aqui, pois cá para mim…
A sério: não concordam? Parece-me uma bela imagem.
Agrada-me por bom modo de estar em meu fim de carreira:
fiz o meu percurso, não estou para coibir-me de dizer que não foi propriamente horizontal no panorama livreiro do país, por mais que saiba quão abaixo o meu cabeço ficou e tinha de ficar das alturas da Serra-Deusa Arrábida.
Daqui, donde tenho horizonte,
quero olhar
com gosto
para o futuro
do livro, da livraria e da leitura.

E não é partindo dos esplendores antigos, com todas as suas misérias (não venham cá cantar histórias ao ceguinho que o ceguinho sabe contar algumas…).
Mas nem, também, acho que deva ser a partir de profecias.

Isso, no entanto, sem dúvida!
Se quiserem assim tanto, pois… à vontade!
«- Isto agora já não há livreiros.
- As livrarias estão condenadas a fechar. 
- O livro em papel…
- Ler?:  
a vida hoje não dá tempo para a leitura, não o consentem as solicitações vídeo-devoradoras dos olhos, ouvidos, cabeças, sentimentos e… ideias. Bom!, ideias já não tanto, porque, olha!, essas entraram  em vias de extinção… e portanto...»


Vamos a isto?
Factos e argumentos para aceso e bom discutir, se apetecer?
A conversar!  
Se a gente se entender será a conversar!  

Francamente..., às vezes aparece-me, no meio disto, uma certa pena de não poder puxar o presente um bocadinho  para trás e, aberta nele uma boa clareira, obrigar o futuro a abandonar o seu posto avançado para vir confraternizar connosco, sem trazer as profecias que, em vez dele, nos falam e… tanto! 

«Um vasto panorama de mar e ilhas»!!!!
Quem havia de dizer que nele me perderia deste modo?!
Mas se o posto de observação é bom e o observador se fixa nos seus objectivos, nada está propriamente perdido…
Até porque é sábado e há a folga do Carnaval..E escrever assim, sem preocupações de muito nexo, até pode agradar a quem nem sempre está para ler notícias e pode apreciar uma escrita preguiçosa.
L. V.


http://encontrolivreiro.blogspot.com/ 
http://4.bp.blogspot.com/-zR1Br-h0OB4/TW5UGGWTjoI/AAAAAAAAAKM/eThqvGwZxW8/s1600/encontro%2Blivreiro.jpg
GENTES DO LIVRO: 
CÁ ESTAMOS!
Contagem decrescente   

5 de Março                  FALTAM                   22 dias



Contagem crescente
QUEM JÁ ABRIU E PASSOU A MENSAGEM?
«encontrolivreiro.blogspot.com»

3+4 de Março             MAIS           58+35 visitas

Sem comentários:

Enviar um comentário