domingo, 17 de abril de 2011

ESTOU MENENTE!

Gostava de saber onde a expressão «estar menente» é usada para além das minhas ilhas açorianas. Hei-de perguntar ao nosso mestre Eduíno de Jesus.

É que penei para conseguir, mas, agora ao serão, lá consegui, mesmo:
Ver e ouvir a conversa de Francisco José Viegas com três livreiros, no seu programa Nada de Cultura (TVI24) do dia 13 do mês corrente, desta semana, portanto. Consegui e agora estou menente pelo que ouvi e pelo resto.
Foi bom abrir o blogue da Pó dos Livros que me levou ao Nada de Cultura: Francisco José Viegas a conversar sobre isto das livrarias com os seus convidados Caroline Tyssen da Livraria Galileu, Marta Serra das Livrarias Bertrand e Jaime Bulhosa da Livraria Pó dos Livros.

Ora, pergunte-se, o que tinha estado a ler depois da sestazinha do almoço, a reler, melhor dito, e porque já há dias andava a ver se o assunto livrarias me voltava aos dedos nesta nova hora certa para
mais umas trocas de ideias e impressões sobre o tema?
Exactissimamente! O editorial de Francisco José Viegas no n.º101 da sua revista LER!

Estou menente, não é para menos, e por isso vou deixar assentar a poeira das impressões do momento, para então depois…
É que«isto não fica assim»,
se ficasse mal seria,
mas como ficará?
Ouçam e leiam, por favor, o que vai por aí e vamos ver se temos ideias para trocarmos sobre o momento livreiro, na realidade e na discussão.
L. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário