segunda-feira, 18 de abril de 2011

POSSO perguntar SÓ PARA perguntar? (2)

«Três hipóteses, para depois me responderem, se valer a pena».

Ninguém me respondeu à primeira jogada de hipóteses.
Desisto ou não?
Nem que me arricem os cães!
Agora desistir!
Duma sobremesa tão boa para os dentes?

Qual das três me aconselhariam, se fosse eu a….
1.ª
«Só que não é possível contar tudo o resto e deixar de fora a história»
2.ª
Só que não é possível contar todo o resto…
3.ª
Só que não é possível… não é possível… não é possível…
( Pois claro que não! Não é possível! «Escritores» que riscam assim, são escritores? Apesar de riscado, porém,  o disco talvez não seja o grande culpado, mas sim a agulha, isto é, a crítica. Se é que o que por aí se escreve chega a ser crítica, quero crer que sim, em alguns casos, pelo menos…).
L. V.

1 comentário:

  1. Manuel, meu caríssimo:
    A gente quer saber quais são as tuas respostas a estas provocações.
    venham daí.
    Concordas? Discordas? Porquê?
    Ficamos a aguardar.
    Abraço.
    onésimo

    ResponderEliminar