sábado, 6 de agosto de 2011

CÁ ‘STAMOS! - I


BARCO EM FUNDO

 à nossa porta 
quis o meu porto

      mão morta
      mão morta
      sape gato

não cheguei lá
perdi-me no mar

      sape gato

e agora aqui ‘stou
daqui já não vou

      mão morta
      mão morta

o gato ficou
      sape      
     sape gato

R. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário