quarta-feira, 14 de setembro de 2011

QUE ABUSO! NUM BLOGUE? VAI-TE VESTIR!

Bom dia!

E que dia!
Ontem fez um ano que fumei o último cigarro. Hoje faz um ano que passei por uma aflição de asfixia por que aos catorze anos vira passar o tio Jacinto Bento, conterrâneo acompanhante até ficar sem fôlego do cantador das festas do Espírito Santo.
Vira-o, sentado, também ele, na beira da sua cama,
amparado pelo filho,
a puxar pelo fôlego até lhe pender a cabeça para o lado…
E lembrava com frequência…
E pensava que...
Mas,
afinal,
não fazia ideia do que era verdadeiramente,
porque nunca antes,
nos meus mil anos de experiência das aflições da vida,
passara por uma aflição assim.
Um ano depois continua a fazer-me muita impressão,
essa experiência.

Por ela em si?
Ou mais pelo que revelou

quer da impossibilidade de,
acerca da vida,
ficarmos a saber alguma coisa antes

quer da inutilidade, para o depois,  
do que se chega a aprender?


(Schi! Que ridículo e intragável pequeno almoço!....).
V. L.

1 comentário:

  1. SETEMBRO vem recheado de datas para "comemorar", não é Amigo Medeiros?
    Um grande abraço, daqueles que sabem bem mas não nos tiram o fôlego,
    Luís Guerra

    ResponderEliminar