sábado, 24 de dezembro de 2011

A 24 horas da NOITE FELIZ

image
http://unisetifotografiamultimedia.blogspot.com/2011/12/luzes-de-natal-em-setubal-por-ana-t.html

imagese dedico a meia noite desta noite à meia noite de amanhã é porque sei e acredito que quem visita este blogue…

image
…este blogue que me calhou em sorte e em pão de cada dia para assossegar o desespero de já não poder arrostar com o trabalho da livraria a tempo inteiro (ocupação e preocupação e dedicação quase sem intervalos nem descanso, sim por dedicação a uma causa e com gosto, mas, por isso mesmo, também tanto e mais que tanto por obrigação e necessidade, que isto quem vive à sua custa num ramo tão mau de se pensar em margens compensatórias e em lealdades do mercado quer a jusante quer a montante…)

sei e acredito que quem visita este blogue são pessoas minhas amigas (todas? não, ao que já se viu, mas essas que…, não me dão cuidado, existem, não imagino um mundo sem pulgas e essa de perguntar «se deus é que criou o mundo, porque é que há pulgas e moscas?» foi só na infância)

image
…se dedico a meia noite desta noite à meia noite de amanhã, aqui assim por meio desta escrita no meu chapéu-e-bengala, é porque amanhã serei o homem mais feliz deste mundo (toda a família reunida à volta da mesa preparada a preceito com sabor e muito amor)
…o homem mais feliz deste mundo…. e como poderia não desejar nessa noite uma noite assim feliz a todos os meus amigos conhecidos e desconhecidos? e amanhã ia poder vir aqui com esta escrita?

se dedico a meia noite desta noite a vir aqui a esta escrita para os meus amigos é porque mesmo que quisesse não o faria amanhã 
  image
amanhã, quando já for noite e vestido de festa, hei-de sentir-me perto de todos os longes de quem me estima e estimo, mas é hoje que posso dizê-lo e não é bem ou apenas um sorridente cumprimento, antes e sobretudo um desejo,
um forte desejo e voto: 
              FELIZ NATAL! 

                
                           AMIGOS, SEJAM FELIZES, POR FAVOR!
                                                                                                                  L. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário