segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

HELDER MOURA PEREIRA–Prémio de Poesia Luís Miguel Nava

1

Parabéns, Helder!
http://assirioealvim.blogspot.com/
http://nestahora.blogspot.com/
Para ser reconhecido como um dos mais destacados poetas portugueses da actualidade, o nosso poeta setubalense Helder Moura Pereira não precisava de que lhe fosse atribuído este ou outro qualquer prémio. Mas é mais um reconhecimento que dignifica o poeta e o júri. 
E a nós, conterrâneos e amigos?
A nós, orgulha-nos e alegra-nos!

                                                    Fátima e Manuel Medeiros


2

DSCF4182HELDER MOURA PEREIRA
NO DIA MUNDIAL DA POESIA DE 2011 APRESENTANDO EM SETÚBAL SE AS COISAS NÃO FOSSEM O QUE SÃO
Ouviu-se Poesia!
Repito com maiúsculas: OUVIU-SE POESIA!
O que já não seria pouco.
O prazer de ouvir! Para quem trazia dos seus dias silenciosos a leitura de Se as Coisas não Fossem o que São, foi muito prazer. E esse ouvinte-para-quem ficou a pensar que quanto mais e melhor se tiver apreciado um poema em horas de silêncio, tanto maior prazer virá de ouvi-lo, se bem declamado como ontem aconteceu.
E ouvir o Helder, meio a fingir-se meio a revelar-se , a dizer-nos o que esta sessão lhe deu ocasião para nos dizer?
Sobre si. Sobre o seu entendimento com Setúbal. Sobre a pseudo-crítica e a crítica autêntica. A leitura, a devida leitura, a leitura. Sobre trabalho cuidadoso durante três anos a organizar este livro à volta do qual a tarde foi correndo. Sobre os adjectivos, nossos e de outros. Sobre…
http://chapeuebengala.blogspot.com/2011/03/dia-mundial-da-poesia.html

3

image

21 de Março de 2004. A fotografia de Helder Moura Pereira que para aqui nos é tão grato trazer hoje, recorda-nos uma inolvidável tarde do Dia Mundial da Poesia na Culsete.
Inolvidável para nós e cremos que para todos quantos a viveram.

Setúbal novamente a pedir ao nosso poeta, que tanto  honra esta sua cidade, que venha estar connosco e nos leia a sua poesia.
Setúbal precisa de o conhecer, a este seu ilustre filho!
Setúbal tem obrigação de ler a poesia de Helder Moura Pereira!
http://chapeuebengala.blogspot.com/2011/03/pela-poesia-e-pelo-poeta.html

1 comentário:

  1. O vosso contentamento deixa-me contente. Obrigado!

    ResponderEliminar