terça-feira, 10 de janeiro de 2012

POR-ACASOS *I

EREMITÉRIO ARRABIDINO«Sem ter já que esperar, nem que perder» (Frei Agostinho da Cruz)


1 – POR HOJE… a leitura

«Escreve.
(…)
Há uma necessidade desnecessária de escrever como a necessidade inútil ou prejudicial de fumar. É um modo de se estar activo pela inútil necessidade disso.
(…)
Porque não faço apenas riscos no papel? Gatafunhos como os de quem assiste a uma reunião que lhe não interessa?*»


Vergílio Ferreira,
(Conta-Corrente 4 – 23 de Julho –1982)



2 – POR ONTEM… a escrita

quem por um abraço

entendesse tudo

também entendia

o porquê de mudo


em silêncio de-

senhas o que sentes

palavras não chegam

se as dizes mentes

e para o olhar

o que a luz reserva

melhor por desenho

a luz o conserva


R. V.


 

 

2 comentários:

  1. Para bem de quem aprecia a leitura que bom haver pessoas com necessidade de escrever, sendo assim "necessária". Já fumar nem é bom para unas nem para outros. Não gosto da associação destas duas necessidades.....braço amigo Maria Fernanda Pinto

    ResponderEliminar
  2. 'Há uma necessidade desnecessária de escrever...'
    Como compreendo...

    O problema da escrita... é a existência que as coisas tomam...
    Carla JB

    ResponderEliminar