domingo, 18 de março de 2012

CONCORDÂNCIAS

image Foto: Urbano Bettencourt
na vida há horas santas por um amigo que aparece nem sabe ele como veio ter connosco nem ontem nem amanhã foi quando era o momento certo para a nossa gratidão ser assim tão sentida e quando pensei nisto que escrevo disse que o ia escrever e agora que está escrito a quem o vou entregar para leitura? a ti que vejo no retrato talvez não deva nem possa porque já tiveste a tua parte no que aqui se entende que aconteceu nem sequer sei se a alguém e talvez não deva talvez não possa a não ser a ti para quem agora o estou endereçando porque sabes bem sabes que eu sei o que sentes
R. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário