segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Abrir com PRIVILÉGIO E ANTOLOGIA E ILHA E PICO E AMANTE


Paisagens

(postal anti-turístico)clip_image002


Um seio destes, tão perfeito

e vasto,

faz-se à medida do olhar guloso

e nada casto

de S. Jorge, o santo da espada em riste.

Que a doçaria fale de «suspiro»

é coisa de somenos, não lhe faz espécie,

pois chantilly é o que ele vê

da base ao bico, o creme em que de gozo

se lambuza.

Por mim, a quem o Inverno encolhe

a imaginação e a simbólica,

penso em geleira e no Augusto Gil

e perco a tusa.

 

Urbano Bettencourt

(Por obséquio)

 

1 comentário:

  1. Urbano,
    Com um seio desses assim gelado, quem não a perde?
    Bonita essa evocação do bom padre Coelho de Sousa, que adorava referir o Pico como uma seio. Gelado, porém, nunca o ouvi referir. Até ele se arrepiaria.
    Belo poema.

    Abraço.
    onésimo

    ResponderEliminar